EMPA utiliza metodologia inovadora e sustentável para a construção de Ponte no Porto Sul

Concluídas recentemente pela EMPA S. A. Serviços de Engenharia, empresa do Grupo Teixeira Duarte, as obras de construção da Ponte sobre o Rio Almada, em Ilhéus/BA, foram executadas com uma metodologia  inovadora, concebida exclusivamente para este projeto.

A empreitada foi destaque na revista O Empreiteiro e faz parte das obras iniciais do Porto Sul, que também compreendem a construção dos caminhos de acesso do Terminal Portuário de Aritaguá, cujos serviços estão  em execução.

 

Conheça o método construtivo utilizado

A obra foi executada com o auxílio de uma Plataforma de Apoio à Cravação de Estacas – cantitraveller, – que funcionou como estrutura provisória, composta de vigas metálicas (tipo caixão), plataforma de armazenamento e guia de cravação, sendo as estruturas definitivas da ponte (longarina, vigas e estacas metálicas e as pré-lajes) lançadas na passagem do equipamento.

Por meio deste equipamento, foram lançadas 252 toneladas de vigas e 1.000 m3 de concreto, envolvendo cerca de 500 colaboradores, diretos e indiretos. Com a utilização do cantitraveller, com console único de lançamento de 26,40m, eliminaram-se os 18 apoios provisórios e reduziu-se significativamente o impacto ambiental.

O equipamento funciona apoiado nas estruturas definitivas, como viga travessa e estacas metálicas, por ele mesmo posicionadas, dando assim seguimento aos ciclos de deslocamento e avanço para execução de todo trabalho.

Após o lançamento das vigas, faz-se a cravação das estacas metálicas, lançamento e concretagem da viga travessa. As pré-Lajes dos tabuleiros também são içadas e lançadas por outro guindaste que circula sobre o tabuleiro construído, sendo a concretagem de consolidação realizada em fase posterior ao lançamento de todas elas no vão do tabuleiro.

Uma estrutura auxiliar suportada pelos pilares definitivos da ponte tem função principal de guiar os tubos metálicos das estacas na sua fase de cravação, sem recorrer a apoios adicionais para além dos pilares definitivos da ponte.

As vigas de apoio do equipamento, nesta obra da ponte em Ilhéus foram formadas por dois conjuntos de  quatro vigas caixão.

A plataforma de armazenamento do cantitraveller neste projeto foi formada por um estrado de 14 m de largura por 13,5 m de comprimento, sobre o qual estavam uma grua e os martelos vibratórios e de percussão  para cravação de estacas, além de outros materiais de apoio.

O movimento longitudinal no cantitraveller é realizado por cilindros hidráulicos e dispõe de travão mecânico. O guia de cravação de estacas tem sua movimentação também feita por cilindros hidráulicos.

 

Este Infografico ilustra todo o processo construtivo.

 

Além da expertise técnica, a EMPA empregou também seus principais valores para garantir o sucesso do projeto: engenharia, planejamento, compromisso, qualidade, segurança e responsabilidade ambiental.

 

Acesse a matéria divulgada na Revista O Empreiteiro.

 

 

Capacitação profissional é oferecida a 200 moradores de Ilhéus no projeto Canteiro Escola

O Canteiro Escola, uma iniciativa da BAMIN, em parceria com a construtora EMPA (empresa do Grupo Teixeira Duarte) e o SENAI, transforma o canteiro de obras do Porto Sul, em Ilhéus, em sala de aula teórica e prática para profissões ligadas à construção civil.

Serão duzentos profissionais capacitados até o final do ano. As primeiras turmas foram concluídas e novos estudantes seguem com aulas até dezembro.

São oferecidos cinco cursos 100% gratuitos: auxiliar civil, motorista de obra da construção civil, operação de escavadeira e retroescavadeira, operação de trator e esteira, e operação de rolo compressor.  Todos os alunos receberam camisas, material de estudo, estrutura de transporte e equipamento de proteção individual (EPI). Além disso, foi oferecido diariamente lanche, ambiente confortável e acesso aos maquinários, matérias-primas e insumos necessários ao aprendizado prático.

INCLUSÃO – Os profissionais capacitados no Canteiro Escola já estão sendo contratados tanto pela EMPA quanto pela BAMIN, iniciativa que amplia o número de moradores de Ilhéus envolvidos na obra. Outra parte do contingente treinado poderá ser absorvido por obras na região, abrindo portas no mercado de trabalho.

O Canteiro Escola revela também a força das mulheres no mercado de trabalho. Na primeira turma, a participação feminina representou 60%.

SOBRE O CANTEIRO ESCOLA

O projeto Canteiro Escola é uma iniciativa da BAMIN e acontece em parceria com o a EMPA e o SENAI. Professores do SENAI estão à frente das aulas e a EMPA oferece toda a logística para o funcionamento dos cursos (eletricidade, climatização, internet, banheiros etc), além de fornecer equipamentos paras aulas práticas.

O Projeto tem sido destacado em vários meios como boa prática para promover a geração de emprego local e fazer face à escassez de mão-de-obra especializada na região.

 

Veja alguma das matérias divulgadas:

TV Santa Cruz (Globo – Itabuna)

Blog do Thame

Ilheus.net

EMPA promove ação social na Comunidade de Itariri, em Ilhéus

A EMPA S.A. Serviços de Engenharia, empresa do Grupo Teixeira Duarte, promoveu, no dia 17 de outubro, uma ação social para a Comunidade do Itariri, em Ilhéus/BA, em comemoração ao dia das crianças.

A iniciativa partiu dos colaboradores da EMPA que estão à frente das Obras Iniciais do Porto Sul, localizada próxima à comunidade, e contou com o apoio de fornecedores e parceiros locais.

Cerca de 90 famílias estiveram presentes em um dia de muita alegria, diversão e saúde. Além de recreação e guloseimas, o evento contou com a presença de um enfermeiro para medição de pressão e glicemia, serviço de manicure e barbearia. Também foram distribuídas cestas básicas, vitaminas para as crianças, brinquedos, livros de colorir, kits de higiene pessoal e bucal e roupas.

Um dia muito especial para a EMPA, estreitando os laços e levando um pouco de esperança, atenção e alegria para estas crianças e estes trabalhadores que têm no aterro sanitário um trabalho árduo para seu sustento.

O evento se enquadra no projeto de sustentabilidade do Grupo Teixeira Duarte no Brasil, Fique Bem Fazendo o Bem, que consiste em ações de responsabilidade social e voluntariado por iniciativa e com a participação ativa dos seus colaboradores.

As obras do Porto Sul compreendem a Ponte sobre o Rio Almada, recentemente concluída, e a construção dos caminhos de acesso ao Terminal Portuário de Aritaguá, cujos serviços estão em execução.

Assista ao vídeo da ação.