Pontes e Viadutos

Pontes e Viadutos

Não é por acaso que Pontes e Viadutos são conhecidos na família da Engenharia por “Obras de Arte”. É nestas estruturas que se encontram os maiores desafios para os engenheiros e onde normalmente se desenvolvem as mais modernas e inovadoras técnicas e tecnologias, quer ao nível do cálculo estrutural, quer nas metodologias construtivas e respectivo monitoramento ao longo da sua vida útil. É prática recorrente desenvolverem-se equipamentos, modelos e processos construtivos específicos para um único projeto de uma Ponte. As Obras de Arte de Engenharia não deixam ninguém indiferente e impactam fortemente na qualidade de vida de todos sendo, em muitos casos, símbolos de união e desenvolvimento de regiões e Povos.

A Teixeira Duarte tem o privilégio e o orgulho de ter participado na construção de algumas das maiores Pontes do mundo, tendo uma vasta experiência nesta área da engenharia, honrando assim, de forma inequívoca, a sua missão de “Fazer”.

No Brasil, a obra de construção da Ponte sobre o Rio Almada, em Ilhéus/BA, merece destaque por ter sido executada com uma metodologia inovadora de lançamento e cravação de estacas, tramo-a-tramo, com vão único em console de 26,40m, concebida exclusivamente para este projeto.

Em Portugal, das muitas Pontes e Viadutos executadas pela Teixeira Duarte, mencionamos algumas que, pela sua especificidade, dimensão e/ou inovação merecem destaque. Destas elegemos a Ponte Ferroviária do Sado, em Alcácer do Sal; a Ponte Ferroviária de São João, sobre o Rio Douro, com o maior vão do mundo executado em pontes ferroviárias por avanços sucessivos; a construção da Ponte Vasco da Gama, sobre o Rio Tejo, em Lisboa, com 18km de extensão e um vão estaiado de 325m; entre muitas outras. Em Macau, merece referência a ponte Macau-Taipa, com 4,5Km de extensão e três vãos estaiados de 112m cada. Em Guayaquil, no Equador, a Empresa foi responsável pela construção da Ponte Daule-Guayaquil e respectivos acessos. Trata-se de uma Obra de Arte em estrutura mista, com 540 metros de extensão e 32m de largura, complementada com 3 viadutos e dois nós de acesso. Nesta obra foram aplicadas 12.000 Ton. de aço estrutural. Inaugurada em outubro de 2020, esta empreitada foi a primeira atuação da Teixeira Duarte no Equador.

 

Conheça mais sobre esta e outras obras de Pontes e Viadutos pela Teixeira Duarte:

Ponte sobre o Rio Almada, Acessos e Caminhos de Serviço
Construção da Ponte Daule-Guayaquil, Incluindo Acessos e Viadutos
A41 – Viadutos sobre o Rio Sousa II
Montagem dos Viadutos sobre o Rio Sousa II – Lançamento por Avanço Incremental
Ponte da Boutaca – Recuperação Estrutural
Ponte de Donim – Recuperação Estrutural
Revitalização do Viaduto sobre Estrada de Acesso a Macacos na Mina Mar Azul
Ponte sobre o Rio Piraqueaçu – Recuperação de Estruturas
Recuperação Estrutural da Ponte de Acesso e do Píer de Atracação e Substituição dos Trilhos de Traslado dos Guindastes
Ponte sobre o Rio Santa Maria – Recuperação de Estruturas
Ponte sobre o Rio Corrente – Recuperação de Estruturas
Execução de Estacas da Ponte Itapaiúna
Ponte sobre o Rio Caldo – Recuperação e Reforço
Ponte de Odemira – Reforço e Recuperação
Ponte de Mosteirô – Reforço Estrutural
Pontes na Rodovia IP3 – Reforço Estrutural
Reforço e Reabilitação das Fundações da Ponte Internacional de Valença
Montagem dos Viadutos de S. Sebastião na Rodovia A10 com Lançamento por Avanço Incremental
Concepção e Construção da Passagem de Pedestres Rotativa na Rocha Conde D’Óbidos
Adaptação ao Trânsito Rodoviário da Ponte Ferroviária Rainha D. Amélia
Substituição do Tabuleiro e Reforço dos Encontros da Ponte de Penacova
EN 342-1 – Ponte de Alfarelos sobre a Linha do Norte – 2ª Fase
Ponte sobre o Rio Santa Joana – Recuperação de Estruturas
Reabilitação e Restauro da Ponte Hercílio Luz
Ponte sobre o Rio Tejo (25 de Abril)
A41 – Ponte sobre o Rio Douro
A33 – Subconcessão do Baixo Tejo – Viaduto de Coina I
Ponte Vasco da Gama
Ponte Ferroviária de São João sobre o Rio Douro