Barragens e Energia

Barragens e Energia

Por meio de uma atuação global, com soluções integradas, elevado nível tecnológico e pela realização de grandes projetos de engenharia, o foco da Teixeira Duarte neste mercado são os setores de geração e transmissão de energia elétrica.

O objetivo principal é prestar serviços de alta qualidade, em um ambiente de grande competitividade e conhecimento técnico, desenvolvendo alternativas e soluções que impactem positivamente o resultado dos clientes e parceiros estratégicos, agregando valor à empresa.

A expertise da Teixeira Duarte na área de energia vem da construção de diversos empreendimentos hidrelétricos do Brasil e no mundo, garantindo fontes de energia limpas e renováveis.

No Brasil destaca-se pela grande experiência na construção de PCHs (Pequenas Centrais Hidrelétricas), como a PCH São Sebastião do Alto, com13 MW de potência instalada, localizada no Rio Grande, nos municípios de São Sebastião do Alto e Santa Maria Madalena (RJ). E também pela Pequena Central Hidrelétrica de Areia Branca, em Minas Gerais, instalada no Rio Manhuaçu, com potência instalada de 19 MW, beneficiando os municípios de Caratinga e Ipanema. Também em Minas Gerais, a construtora foi responsável pelo Alteamento da Barragem Itabiruçu, para chegar à elevação de 850 m.

Outra obra relevante no Brasil foi a construção da Subestação Rio Novo do Sul – 345/138 KV, no Espírito Santo, com extensão de 6,6 hectares, garantindo o fornecimento mais estável de energia para a região Sul do Espírito Santo. A ETC apresenta sinergia com outros dois empreendimentos em implantação que, em conjunto, formarão um importante eixo de transmissão entre o sul da Bahia, Minas Gerais e Espírito Santo para escoamento da energia dos atuais e futuros empreendimentos de geração eólica do Nordeste.

Em sua vasta atuação internacional na área de energia, merece destaque a obra de reforço de potência do aproveitamento hidrelétrico de Salamonde, em Braga, Portugal. Com a obra, a produção média bruta passou a ser de 274 GWh/ano, a que corresponde uma produção média líquida de 79 GWh/ano, proporcionando efeitos relevantes na melhoria da fiabilidade e da segurança do sistema elétrico português, além de contribuir para o aumento de capacidade de produção nacional com origem em fontes renováveis. O fato do empreendimento ter capacidade de bombagem constituiu também uma importante contribuição para a expansão do parque eólico, aumentando assim a quota de energias limpas, renováveis e endógenas no mix energético.

 

Conheça mais sobre esta e outras obras de Barragens e Energia realizadas pela Teixeira Duarte:

Subestação Rio Novo do Sul
Alteamento da Barragem Itabiruçu
Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Rio do Braço
Pequena Central Hidrelétrica (PCH) São Sebastião do Alto
Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Santo Antônio
Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Caju
Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Areia Branca
Projeto de Beneficiamento de Bauxita – 1ª Etapa
Descarregador de Cheias Complementar da Barragem da Paradela
Lagoa da Portela
Barragem de Odelouca
Obras de derivação de Oued Harrach e transferência de Harrach/Douera na Wilaya de Alger
Barragem de Pretarouca
Barragem do Funcho e Conduta Adutora Funcho/Franqueira
Reservatório do Cerro da Mina
Reforço de Potência do Aproveitamento Hidrelétrico de Salamonde
Reabilitação das Comportas e das Peças Fixas da Tomada de Água do Grupo V da Barragem de Belver
Substituição das Comportas Ensecadeiras das Turbinas dos Grupos I e II da Central da Caniçada
Equipamento Hidromecânico para a Barragem do Alvito