duplicação BR-101/BA

Duplicação da BR-116/BA: iniciada a pavimentação de 40,34 km da rodovia

A BR-116/BA é uma das principais rodovias do Brasil, fazendo a ligação de diversos estados brasileiros. Ela corta o país de Norte a Sul, atravessando mais de cinco estados e chega à fronteira com o Uruguai.

Essa é uma rodovia de bastante importância para a logística de transportes nacionais, por isso, o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte – DNIT, está investindo em sua ampliação, com o objetivo de aumentar a sua capacidade de tráfego e a segurança dos usuários, melhorando as condições  trafegabilidade e tempo de deslocamento. A obra também vai melhorar o escoamento agrícola, pecuária e industrial destas regiões.

A EMPA, empresa do Grupo Teixeira Duarte, integra o consórcio que está à frente da duplicação de 40,34 km de distância, um trecho que liga o município de Feira de Santana à cidade de Santa Bárbara, ambos na Bahia (Lote 6). O  contrato contempla:

  • Elaboração do projeto básico e executivo;
  • Execução das obras de duplicação;
  • Implantação de vias laterais;
  • Adequação de capacidade;
  • Restauração com melhoramentos;
  • Obras de arte especiais. 

Atualmente a obra encontra-se com mais de 30 km de terraplenagem concluídas e com aproximadamente 17 km na fase de pavimentação. Nos serviços também estão previstos a construção de sete viadutos, duas pontes e 12 passarelas, além de 21 km de vias laterais implantadas no perímetro urbano. 

Os serviços de pavimentação asfáltica acontecem no lote 06 da rodovia, próximo ao km 413, onde serão aplicadas duas camadas de Concreto Betuminoso Usinado à Quente (CBUQ), totalizando 10,5 cm.

A obra de duplicação da BR-116/BA

O Governo Federal fará um investimento de R$400 milhões para concluir a duplicação da via. De todo esse total, mais de R$90 milhões já foram investidos em toda a obra, que iniciou em setembro de 2018. 

De acordo com o DNIT, a previsão é liberar 9 quilômetros da rodovia duplicada no mês de setembro deste ano. Além disso, é previsto liberar até o final de 2020 mais 24 quilômetros.

Grupo Teixeira Duarte

A EMPA S.A Serviços de Engenharia faz parte do Grupo Teixeira Duarte, que possui quase um século de atuação na área da construção e presença em 22 países.

Esta é mais uma obra que reforça o compromisso do Grupo Teixeira Duarte em contribuir com o crescimento sustentado do Brasil, através do desenvolvimento de uma engenharia de valor, decorrente da elevada capacidade técnica e experiência adquiridas ao longo de sua trajetória.

Confira sobre a atuação da Teixeira Duarte na ampliação da BR-116/BA. 

teixeira-duarte-revista-healtharq

A experiência da Teixeira Duarte em obras hospitalares é destaque na revista HealthArq

Adquirir a expertise para realizar obras hospitalares demanda tempo e bastante estudo. 

Afinal, é preciso coordenar o trabalho para que ele não cause impacto no dia a dia dos ambientes que estão sendo reformados. Foi esse conhecimento e o legado de obras diferenciadas na saúde  que fizeram com que a Teixeira Duarte Engenharia e Construções fosse destaque na revista HealthArq, publicação especializada em arquitetura, infraestrutura, construção, design e facilities no setor da saúde.

A matéria deu ênfase em três obras realizadas e foram citados exemplos de como a Teixeira Duarte é uma construtora que está sempre evoluindo em seus projetos e adotando medidas eficazes para atender seus clientes com a máxima qualidade e eficiência.

 

O superintendente de obras da Teixeira Duarte, Bruno de Palma Paisana, disse à revista que o trabalho que eles têm realizado desde 2012 será mantido ou reforçado ao longo deste ano. 

Dessa forma, a intenção é expandir cada vez mais as suas obras, abrangendo a sua atuação na área hospitalar e atendendo aos clientes com a máxima excelência.

Destaques

Um dos destaques da matéria na revista HealthArq foi o exemplo de aplicação de técnicas modernas e avançadas na obra realizada no Hospital das Américas, no Rio de Janeiro. O local passou por uma grande reforma em vários ambientes internos, além de serem criadas salas de exames, tomografia e angiografia.

A construtora também reformou o setor de HVAC do Hospital das Américas, desde as torres de resfriamento até os motores, fazendo a substituição de todos os ventiladores de ferro por carcaça de fibra, visando à proximidade do hospital com o mar.

Paisana enfatizou na matéria uma obra realizada no Acelerador Linear de Partículas, precisando seguir fielmente o projeto do fabricante. De acordo com ele, ela foi realizada com um grau de precisão milimétrico e com infraestruturas secas para que a máquina fosse instalada em perfeita execução. Assim, o ambiente foi adaptado às particularidades do projeto inicial. O superintendente disse que foi algo bem desafiador.

A matéria também destacou a obra realizada no Hospital Metropolitano da Lapa, localizado em São Paulo,  revitalizando três áreas. São elas:

  • PSA – pronto-socorro adulto;
  • PSI – pronto-socorro infantil;
  • Grande emergência.

Além dos setores que foram reformados, três salas de exames também receberam intervenções para atenderem melhor os pacientes. Segundo Bruno, um dos desafios foi repaginar os consultórios médicos, pois foi necessário aumentar o número de salas, mas sem acrescentar área. Ele destacou o aumento da recepção, que também envolveu parte da área externa, e a inclusão de uma área de alimentação.

Nesse hospital o sistema de HVAC, aquecimento, ventilação e ar-condicionado, passou por uma modernização. Foi um dos pontos altos dessa obra, pois os espaços receberam novos equipamentos automatizados que irão atuar no controle de temperatura, pressão e umidade em atendimentos de leitos isolados e salas de exames de imagem.

Outra obra de bastante relevância e que foi citada na matéria da revista HealthArq foi a realizada no Hospital Pasteur, no Rio de Janeiro. O projeto teve o seu foco na substituição da tubulação de água quente, além de construir e adequar a sala de tomografia. Foi uma obra executada em total harmonia entre os colaboradores da Teixeira Duarte e do hospital, pois as atividades se mantiveram em pleno funcionamento, mesmo durante as obras.

Bruno Paisana destacou que o trabalho consistiu na troca de toda a tubulação de água quente do prédio onde o Hospital Pasteur funciona. Além disso, foram executados serviços de instalações prediais e apoio às obras civis, assim como demolições, execução de alvenaria e dry-wall, revestimentos, acabamentos e pintura.

Um ponto importante para que essa obra se tornasse um sucesso foi a integração de colaboradores no padrão Teixeira Duarte. Foi acertado em conjunto com a equipe de segurança do hospital um treinamento, de cunho obrigatório e específico, para que todos os profissionais trabalhassem em um canteiro de obras. O treinamento foi realizado sempre antes do início das atividades. O superintendente da construtora informou que na época todos os colaboradores estavam cientes dos riscos das atividades.

Foram essas as medidas tomadas para que o retrofit hospitalar fosse concluído com sucesso e dentro do prazo estipulado. Assim, a construtora mostrou como é vantajoso contar com os serviços de uma empresa que está há quase 100 anos no mercado, gerando histórias sólidas e sérias.

Excelência há quase 100 anos

Ao longo da sua trajetória, a Teixeira Duarte Engenharia e Construções acumula histórias de sucesso em seu acervo. Com compromisso, qualidade, dedicação e competência, tem expertise em obras em todas as áreas da construção: geotecnia e fundações,de reabilitação, edificações, infraestruturas, obras subterrâneas, ferroviárias, rodoviárias e marítimas.

Em projetos da área da saúde, é comum ouvir dos profissionais da área que as obras são consideradas organismos vivos, pois estão em constante mudança. Portanto, é preciso que haja evolução de acordo com o aumento da demanda por serviços nesse âmbito. Para isso, é necessário fazer uso de novas tecnologias e modelos de negócios.

A construtora Teixeira Duarte reúne em seu portfólio várias obras no setor de saúde, somando mais de 650 mil m² de hospitais construídos no mundo. No Brasil, tem cada vez mais se especializado neste setor, tendo construído  mais de 85 mil m² de hospitais, além de cerca de 50 mil m² em execução no país. Desta forma,   tem deixado seu registro em projetos importantes, reforçando a excelência técnica  de uma equipe com profissionais altamente capacitados para executar qualquer demanda.

 

Acesse a matéria completa na revista HealthArq, edição 32 (páginas 66-68), e confira mais detalhes sobre as obras realizadas pela Teixeira Duarte Engenharia e Construções.

Obra de recuperação estrutural dos blocos das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles em Santa Catarina será realizada pela Teixeira Duarte

Na última sexta-feira, 29 de maio, a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade de Santa Catarina assinou a ordem de serviço para início imediato das obras de recuperação estrutural das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Machado Salles, em Florianópolis.

A Teixeira Duarte – Engenharia e Construções, S.A. é responsável pela execução dos serviços, que contempla o reforço de seis (6) dos vinte (20) blocos de fundação destas duas pontes. O prazo para execução é de 180 dias, a contar da emissão da ordem de serviço. O valor do contrato é de R$ 6.984.146,89.

A contratação desta recuperação estrutural, com caráter emergencial, foi definida após um laudo técnico solicitado pela SIE, em dezembro de 2019 e concluído em fevereiro de 2020, apontar a necessidade imediata de intervir nesses seis blocos de fundação das pontes.

“Com acompanhamento do Tribunal de Contas de Santa Catarina e conhecimento do Ministério Público Estadual, foi finalizado de maneira célere, transparente e responsável, o processo de contratação de uma empresa com expertise para realizar os serviços emergenciais, que são altamente complexos”, explica o secretário da Infraestrutura, Thiago Vieira.

Esta é mais uma obra que reforça o compromisso da Teixeira Duarte em contribuir para o desenvolvimento de uma engenharia de valor, por meio de todo o conhecimento e experiência adquiridos ao longo de quase um século de existência, que tiveram sua aplicação bem recentemente na reabilitação da Ponte Hercílio Luz ao longo dos últimos 4 anos, cuja inauguração se deu no passado dia 30 de dezembro.

 

Veja aqui a notícia publicada no site da Secretaria de Comunicação de Santa Catarina, assim como a matéria do Jornal Floripa e NSC Total a respeito.

Foto: Julio Cavalheiro / Arquivo / Secom

 

Obra realizada pela Teixeira Duarte no Hospital Pasteur é notícia na revista Healthcare Management

Realizar uma obra hospitalar requer uma série de cuidados por parte da construtora, especialmente porque é preciso coordenar o trabalho da equipe de modo a causar o menor impacto possível no funcionamento da instituição. No comando do retrofit realizado no Hospital Pasteur, que fica no bairro do Méier, no Rio de Janeiro, a Teixeira Duarte Engenharia e Construções mostrou toda a sua expertise e é notícia na revista Healthcare Management, uma publicação especializada em gestão e negócios da área da saúde.

O principal assunto abordado na matéria são as medidas adotadas pela Teixeira Duarte durante a execução da obra, que permitiram à equipe da construtora trabalhar em perfeita sintonia com os funcionários do Hospital Pasteur. Essas ações tinham como objetivo otimizar as atividades a fim de reduzir custos, concluir as obras dentro do prazo predeterminado, e, claro, interferir o menos possível no funcionamento do hospital.

Bruno da Palma Paisana, superintendente de obras da Teixeira Duarte, citou na matéria algumas das medidas que foram adotadas durante a obra, que consistiu na substituição de toda a tubulação de água quente e na construção e adequações da sala de tomografia. São elas:

  • Isolamento com tapumes de toda a área em que a obra foi realizada para controlar o acesso ao local, conter as partículas geradas e minimizar o impacto visual.
  • Uso de carrinhos fechados, elaborados especialmente para o projeto, para transportar os materiais nas áreas de circulação comuns.
  • Transporte de materiais realizado em horários de pouco fluxo de cada setor do hospital, sempre prezando por manter a tranquilidade que o ambiente hospitalar precisa.
  • Realização de treinamentos com os funcionários da obra em conjunto com a equipe de segurança do hospital, para deixá-los cientes dos riscos envolvidos e orientá-los em relação aos cuidados a serem tomados.
  • Reuniões semanais internas com a equipe da construtora e, posteriormente, com os representantes do hospital.
  • Envio do planejamento atualizado para a direção do hospital informando as atividades a serem realizadas em cada semana para que a instituição se preparasse para cada etapa da intervenção.

Essas medidas fizeram toda a diferença para que o retrofit hospitalar  fosse concluído com sucesso e dentro do prazo previamente estabelecido, além de mostrarem o quanto é importante contar com os serviços de uma empresa como a Teixeira Duarte, que, desde 1921, vem construindo uma história de seriedade e sucesso.

Inclusive, realizar obras em hospitais, sejam elas de projetos completos ou de retrofit, é uma das especialidades do grupo, que já realizou trabalhos para instituições como: Hospital São Lucas, Hospital Américas e Complexo Hospitalar de Niterói, no Rio de Janeiro; Hospital Samaritano, Hospital Moriah, Hospital Santa Paula, Hospital da Luz, Hospital Vitória – Anália Franco, em São Paulo; Hospital Alvorada, em Brasília; Hospital de Cascais e Hospital Distrital de Viseu, em Portugal, entre muitos outros.

Acesse a matéria na revista Healthcare Management  (pág 52-53)para conferir maiores detalhes sobre a obra de retrofit no Hospital Pasteur e todos os cuidados tomados durante sua execução.

 

 

 

Teixeira Duarte divulga resultados (não auditados) relativos ao exercício de 2019

A “Teixeira Duarte, S.A.”, empresa líder do Grupo Teixeira Duarte em que se insere a Teixeira Duarte – Engenharia e Construções, S.A., informou hoje que, no âmbito do processo de fecho de contas relativo ao exercício de 2019, apurou já alguns valores consolidados que entendeu oportuno divulgar ao mercado em antecipação à aprovação final dos documentos de prestação de contas desse ano, cuja publicação está prevista ocorrer no próximo dia 29 de abril, conjuntamente com os documentos dos órgãos de fiscalização e demais elementos para a Assembleia Geral anual.

Consulte aqui o comunicado.

EMPA inaugura mais 15 km de rodovia na BR-101/BA

O estado da Bahia ganhou mais 15 km de pista duplicada na BR-101/BA. A obra, realizada com a participação EMPA, empresa do Grupo Teixeira Duarte, contemplou o trecho Esplanada-Entre Rios, do quilômetro 46 ao 60. Do início do projeto até agora, foram liberados um total de 42 km de nova pista em pavimento de concreto já aberta ao tráfego. 

As intervenções estão acontecendo em trechos contínuos de aproximadamente 80 km, divididos em dois lotes. Esta inauguração ocorreu no Lote 2, que contempla 41,98 km de extensão no subtrecho entre a BA-223 (Esplanada) e o entroncamento com a BR-110 (A). As obras continuam no Lote 1, localizado na divisa entre Sergipe/Bahia e o Entroncamento com a BA-093/400 (Entre Rios), com uma extensão de 41,60 km.

Um dos corredores rodoviários mais importantes do Brasil, a BR-101/BA corta o país de Norte a Sul, atravessando 12 estados. Devido à sua importância para a logística de transporte nacional, o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte) tem investido na ampliação da capacidade de tráfego deste corredor, contando com a EMPA para realizar o projeto. Até o final do ano, aproximadamente 70 km de pista duplicada deverá ser entregue.

Esta é mais uma obra que reforça o compromisso do Grupo Teixeira Duarte em contribuir para o crescimento sustentado do Brasil por meio de todo o conhecimento e experiência adquiridos ao longo de quase um século de existência.

1 2 3 7