Retrofit no Hospital Américas traz mais eficiência e alta tecnologia

Ao longo do tempo, é muito importante que edificações como hospitais passem por adequações que proporcionem maior qualidade no serviço prestado. Isso acontece porque a tecnologia e a medicina estão em constante evolução, trazendo novas possibilidades no atendimento dos pacientes.

A Teixeira Duarte – Engenharia e Construções, S.A realizou esse trabalho de retrofit no Hospital Américas, no Rio de Janeiro. Cada detalhe da obra foi estrategicamente pensado para proporcionar a máxima eficiência e conforto aos pacientes e colaboradores.

Dentre as principais modificações estão a readequação do sistema de monitoramento, interligação das centrais de incêndio, melhorias no sistema de ar-condicionado e também no escoamento de águas pluviais.

Foram construídos novos ambientes e salas para exames de imagem, como tomografia e angiografia. Além disso, a Central de Resíduos foi ampliada e ajustes foram realizados nas instalações do Biotério.

Com foco na sustentabilidade, foi escolhido o uso de forro removível e outros materiais que não agridem o meio ambiente. Além disso, uma equipe de logística atuou durante todo o processo, fiscalizando e ajudando na solução de problemas e tomadas de decisão.

Como resultado, a modernização do hospital elevou a qualidade do atendimento e também do dia a dia dos profissionais, proporcionando mais autonomia, praticidade e conforto na realização dos cuidados diários com os pacientes.

A revista Healthcare Management publicou uma matéria sobre a obra realizada no Hospital Américas. Confira  – pág. 36-37.

Obras de Duplicação da Rodovia BR-101/BA

A BR-101/BA é um dos corredores rodoviários mais importantes do Brasil, implantada na época do governo militar, cortando o país de Norte a Sul, atravessando 12 estados.

Por sua importância para a logística de transporte nacional, o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte) vem investindo na ampliação da capacidade de tráfego deste corredor, contando com a EMPA, empresa do Grupo Teixeira Duarte, para duplicar cerca de 80 km dentro do estado da Bahia, partindo da divisa com Sergipe.  

As intervenções acontecem em dois trechos contínuos, divididos em dois lotes.  O Lote 1, localizado entre a divisa entre Sergipe/Bahia e o Entroncamento com a BA-093/400 (Entre Rios), possui uma extensão de 41,60 km, com mais de 28 km duplicados e 23 km liberados para o tráfego, enquanto o Lote 2, localizado no subtrecho entre a BA-223 (Esplanada) e o entroncamento com a BR-110 (A), possui 41,98 km de extensão, com mais de 17 km duplicados e 5 km liberados.

Principais números da obra: 

  • Pavimento rígido com 225.000 m³ de concreto para 83,58 km de duplicação;
  • Execução de 14 Pontes/Viadutos;
  • Restauração de 9 Pontes/Viadutos;
  • 3.000.000,00 m³ de Terraplanagem. 

Esta obra utiliza tecnologia de ponta, e requer, por sua importância, o mais alto rigor no controle de execução, para garantia da máxima qualidade do serviço prestado.

O pavimento da pista duplicada conta com revestimento composto por placas de Concreto de Cimento Portland (CCP), com maior vida útil e menor custo de manutenção quando comparado às soluções de pavimento flexível, mais comum no Brasil.

Reabertura da Ponte Hercílio Luz atrai 50 mil pessoas

O monumento mais emblemático de Santa Catarina está novamente acessível para cidadãos e visitantes, após 28 anos de interdição total. Obra de arquitetura única, a restauração do cartão-postal chegou ao ápice nesta manhã (30) com a reabertura da estrutura, quando uma multidão de cerca de 50 mil pessoas atravessou a ligação mais antiga entre Ilha e Continente, um momento emocionante.
Anfitrião do ato de reabertura, o governador Carlos Moisés destacou que, mais do que ajudar na mobilidade urbana da região da Capital, o retorno da Hercílio Luz representa um aumento da autoestima da população do estado, que finalmente sentirá o benefício de uma obra que se arrastou por anos a fio.
Embora já seja possível passear pela estrutura, o desenho original da Velha Senhora só retornará em sua totalidade em março de 2020, quando termina o contrato com a Teixeira Duarte, responsável pelos trabalhos.
Para comemorar a reabertura, o Governo do Estado promove sete dias de eventos esportivos, gastronômicos e culturais. Durante a semana, pedestres e ciclistas poderão circular pelo monumento e aproveitar as atrações gratuitas. A cerimônia de abertura ainda teve o desfile de 172 veículos antigos, que passaram por cima da Ponte.
Secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler salientou que a restauração exigiu um empenho comparável ao de construir uma ponte do zero. Mais da metade das peças foram trocadas enquanto Hercílio Luz estava sustentada por estruturas metálicas que foram colocadas a partir de suportes vindos do mar.
“Essa obra só saiu do papel graças a um esforço coletivo. São muitas pessoas que ajudaram para que hoje nós pudéssemos fazer essa reabertura, que é praticamente um presente de Ano Novo para todos os catarinenses. A empresa Teixeira Duarte, desde que assumiu, fez um trabalho sério e comprometido. Os órgãos estaduais, em especial os funcionários da Secretaria da Infraestrutura e Mobilidade, também contribuíram muito para que chegássemos a esse ponto”, reforçou o secretário.
Com 821 metros de comprimento e inaugurada há 95 anos, a ponte da Capital é a única ainda de pé com o vão central suspenso em barras de olhal. Durante o trabalho de restauração da Hercílio Luz, todas as barras de olhal e cabos pendurais foram trocados, o que exigiu um gigantesco esforço de engenharia.
No decorrer dos últimos anos, milhares de trabalhadores se esforçaram para que o monumento pudesse, enfim, ser reaberto. Nesse último mês, aproximadamente 480 colaboradores trabalhavam ao mesmo tempo na Velha Senhora.
O governador Carlos Moisés ressaltou o esmero e a dedicação desses profissionais para trazer de volta à população a Hercílio Luz. “São pessoas que em muitos casos ficaram longe de suas famílias, trabalharam de madrugada, para que hoje nós pudéssemos estar festejando essa reabertura. A todos os trabalhadores da Hercílio Luz, o nosso muito obrigado”, agradece Moisés.
A Teixeira Duarte tem um imenso orgulho em participar desta restauração histórica e emblemática. Agradecemos o empenho e dedicação de cada colaborador que se envolveu nesta desafiadora empreitada.

Veja a matéria completa  publicada pelo Governo do Estado de Santa Catarina

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Reutilização dos materiais da restauração da Ponte Hercílio Luz

A Teixeira Duarte – Engenharia e Construções está à frente da restauração da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis. No processo de substituição total do sistema de suspensão da ponte, barras de olhal e cabos pendurais, foram utilizadas cerca de 1600 ton de estruturas metálicas auxiliares de sustentação superiores e inferiores. Estes materiais provenientes destas estruturas estão em razoável estado de conservação e servirão de base para revitalizar cerca de 532 pequenas pontes em diversos municípios do Estado de Santa Catarina.

A própria Teixeira Duarte – Engenharia e Construções venceu a licitação para elaboração dos projetos de reaproveitamento destas peças, adequando-as para a Defesa Civil proceder à entrega às prefeituras locais, para que suas administrações deem andamento às revitalizações, substituindo velhos pontilhões e/ou pontes vicinais que hoje estão em situação precária.

Esse trabalho reforça o compromisso da Teixeira Duarte – Engenharia e Construções com boas práticas de otimização de recursos em suas obras. E representará uma economia de recursos para o poder público. De acordo com o secretário da Defesa Civil Estadual, João Batista Cordeiro, o reaproveitamento desse material vai gerar quase R$ 35 milhões em economia para os cofres do Estado.

Mais detalhes sobre o processo de reutilização dos materiais estão disponíveis na matéria publicada no portal ND+.

 

Foto: Eduardo Cristofoli/ND

O impacto do planejamento da instituição de saúde em sua futura expansibilidade

Especialista em obras de alta complexidade, a Teixeira Duarte tornou-se uma das construtoras de maior expertise no que concerne à construção e infraestrutura hospitalar.

A empresa dimensiona um corpo técnico altamente capacitado, visando não somente o gerenciamento dos trabalhos contratados, mas também participando desde o início do estudo de soluções técnicas e econômicas.

Como consequência, o produto final, quando entregue, sempre incorpora a longa experiência técnica da Teixeira Duarte, obtendo um resultado final que supera as expectativas iniciais.

Três obras da Teixeira Duarte – Hospital Alvorada Brasília, Hospital Alvorada Moema e Hospital Carlos Chagas – foram destaque na revista Healthcare Management.

 

Confira a matéria completa no Grupo Mídia e na edição 62 da revista Healthcare Management.

Cerimônia marca conclusão da 1ª fase de obras do Aeroporto de Salvador

A Teixeira Duarte – Engenharia e Construções tem orgulho de ter finalizado a primeira fase das obras de modernização e ampliação do Aeroporto Internacional de Salvador. A cerimônia de entrega aconteceu na tarde desta quarta-feira (11) com a presença de autoridades municipais, estaduais e federais.

Participaram da solenidade o prefeito de Salvador, ACM Neto; o governador do estado, Rui Costa; o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas; o presidente da Agência Nacional de Aviação (ANAC), José Ricardo Botelho; Nicolas Notebaert, CEO e presidente da Vinci Airports, empresa que administra o aeroporto; e Julio Ribas, Diretor Presidente do Salvador Bahia Airport.

A reforma aumentou a capacidade total do aeroporto, de 10 milhões para 15 milhões de passageiros ao ano, e proporcionou um ambiente mais seguro, confortável e eficiente. Com valor total de R$ 600 milhões, o projeto chegou a empregar cerca de 1.200 trabalhadores. O contrato em regime EPC para execução, reforma e expansão do Aeroporto de Salvador foi adjudicado ao consórcio liderado pela Teixeira Duarte – Engenharia e Construções, em março de 2018, pela Concessionária do Aeroporto de Salvador, S.A, empresa do Grupo Vinci Airports.

 

Confira o filme e algumas matérias sobre a conclusão da obra e cerimônia:

 

http://transportes.gov.br/ultimas-noticias/9361-ministro-da-infraestrutura-participa-da-entrega-de-obras-do-aeroporto-de-salvador.html

https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cerimonia-marca-inauguracao-oficial-do-aeroporto-de-salvador/

https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/aeroporto-de-salvador-conclui-primeira-fase-de-modernizacao_4825.html

https://www.panrotas.com.br/aviacao/aeroportos/2019/12/aeroporto-de-salvador-podera-receber-ate-15-mi-de-passageiros-por-ano_169861.html

1 2 3 5