1921 – 2021: 100 anos de Teixeira Duarte

Reportando o seu início à atuação do seu fundador, Engenheiro Ricardo Esquível Teixeira Duarte, a Teixeira Duarte foi ampliando a sua atividade desde a captação de águas e realização de poços artesianos, à Geotecnia e Fundações, às Edificações e, mais tarde, às Infraestruturas e a todas as demais áreas da Construção, incluindo, umas décadas depois, os setores das Concessões e Serviços, Incorporação, Hotelaria, Distribuição e Automóvel.

Hoje, após 100 anos, o conjunto de mais de 180 empresas que constituem um dos principais Grupos Econômicos Portugueses, assegura uma atuação em mais de 20 países, em quatro continentes, pelo empenho e dedicação de 9.000 colaboradores.

Um trajeto fundamentado em Engenho, Verdade e Compromisso, que nos orgulha, que nos ensina e que nos inspira a continuar a “Fazer, contribuindo para a construção de um mundo melhor”!

 

 

 

Ponte Daule-Guayaquil é inaugurada no Equador

Nesta segunda-feira, 19 de outubro, foi inaugurada em ato solene a ponte que liga as cidades de Daule a Guayaquil, no Equador, na qual a Teixeira Duarte – Engenharia e Construções, S.A. teve uma participação muito relevante no consórcio responsável pela obra, que beneficiará cerca de 30 mil pessoas que residem em mais de 20 municípios de Daule, e que terão um acesso mais rápido à Guayaquil.  A previsão é que cerca de 20 mil veículos circulem diariamente na ponte.

Sobre a Ponte Daule-Guayaquil

A ponte Daule-Guayaquil tem 540 metros de extensão sobre o Rio Daule, formados por 9 vãos de 60 metros, 26,6 metros de largura e um gabarito livre de aproximadamente 7 metros. São quatro vias, calçada de pedestres e uma ciclovia. A ponte foi concebida em estrutura mista, sendo o tabuleiro metálico e as pré-lajes em concreto armado pré-tensionado e uma lâmina de compressão em concreto armado. As fundações foram executadas em estacas metálicas circulares cravadas em rochas, com diâmetro 1500mm e espessura de 38mm.

Obra

A obra incluiu também dois viadutos, um sobre a Avenida León Febres Cordero (Daule), “La Joya”, com 108 metros de vão total, e outro sobre a Avenida Narcisa de Jesús (Guayaquil), “Cierro Colorado”, com 270 metros de vão total, ambos em estrutura mista de concreto armado com pré-lajes em pré-tensão. Os trabalhos ainda contemplaram viadutos de acesso rodoviário, drenagens, movimentos de terras, muros de suporte, sinalização, acabamentos, iluminação e barreira acústica. Uma metodologia inovadora empregada na obra foi a utilização de EPS nos encontros.

A primeira obra da Teixeira Duarte no Equador

Cumprindo cem anos de história, esta é a primeira obra da Teixeira Duarte no Equador, reforçando e ampliando a atuação do Grupo no mercado Latino Americano no desenvolvimento de uma engenharia de valor.

É motivo de muito orgulho que todo o know-how adquirido possa ser utilizado em projetos que contribuam para transformar para melhor a vida das pessoas diretamente impactadas pelas obras, gerando empregos, desenvolvendo a economia e melhorando a infraestrutura local.

 

 

 

 

Teixeira Duarte divulga resultados (não auditados) relativos ao exercício de 2019

A “Teixeira Duarte, S.A.”, empresa líder do Grupo Teixeira Duarte em que se insere a Teixeira Duarte – Engenharia e Construções, S.A., informou hoje que, no âmbito do processo de fecho de contas relativo ao exercício de 2019, apurou já alguns valores consolidados que entendeu oportuno divulgar ao mercado em antecipação à aprovação final dos documentos de prestação de contas desse ano, cuja publicação está prevista ocorrer no próximo dia 29 de abril, conjuntamente com os documentos dos órgãos de fiscalização e demais elementos para a Assembleia Geral anual.

Consulte aqui o comunicado.

Ponte Daule-Guayaquil, no Equador, facilitará o tráfego entre as duas cidades

Uma nova ponte ligará as cidades de Daule a Guayaquil, no Equador, proporcionando um acesso mais rápido e fácil à região. Com um orçamento inicial de 60 MM de USD, a Teixeira Duarte Engenharia e Construções figura como líder do Consórcio. A obra, iniciada em outubro de 2018, contempla 540 metros de extensão sobre o Rio Daule, formados por 9 vãos de 60 metros, 26,6 metros de largura e um gabarito livre de aproximadamente 7 metros.

As fundações são executadas em estacas metálicas circulares cravadas em rochas, com diâmetro 1500mm e espessura de 38mm.

A Ponte Daule-Guayaquil é concebida em estrutura mista, sendo o tabuleiro metálico e pré-lajes em concreto armado pré-tensionado e uma lâmina de compressão em concreto armado.

Soluções estruturais

Na margem de Guayaquil, está sendo construído o viaduto de “Cierro Colorado” com 270 metros de vão total, mantendo a solução estrutural da ponte: estrutura mista de concreto armado com pré-lajes em pré-tensão.

Na margem de Daule, está sendo construído o viaduto de “La Joya” com 108 metros de vão total, mantendo a solução estrutural do viaduto de “Cierro Colorado”: estrutura mista de concreto armado com pré-lajes em pré-tensão.

Os trabalhos ainda incluem os viadutos de acesso rodoviário, drenagens, movimentos de terras, muros de suporte, sinalização, acabamentos, iluminação e barreira acústica. Uma metodologia inovadora é a utilização de EPS nos encontros.

As soluções apresentadas e o bom andamento do projeto têm por objetivo contribuir com o desenvolvimento de uma engenharia de valor no Equador, reforçando e ampliando a atuação do Grupo no mercado Latino Americano.

Teixeira Duarte realiza obras de modernização e expansão do Porto Inglês, na Ilha do Maio, Cabo Verde

A Teixeira Duarte – Engenharia e Construções, S.A. lidera, com 37%, um consórcio com a SETH – Sociedade de Empreitadas e Trabalhos Hidráulicos, S.A. (33%) e com a Armando Cunha Cabo Verde, S.A. (30%), que ganhou a empreitada das obras de expansão e modernização do Porto Inglês, na Ilha do Maio, em Cabo Verde.

A empreitada, com uma duração contratual estimada de 18 meses, foi atribuída ao consórcio por um valor equivalente a 17,2 milhões de euros, sendo recebido 69,18% em Euros e o restante em Escudos Cabo-verdianos.

Os trabalhos incluem a elaboração do projeto de execução e todos os trabalhos de reabilitação da ponte cais existente, execução de cortina de estacas prancha e de quebra-mar destacado, expansão do cais com a execução de uma plataforma Roll on – Roll off sobre estacas de concreto armado com encamisamento metálico, reabilitação e expansão do terrapleno existente, bem como trabalhos de reabilitação de edifícios e acesso rodoviário ao porto.

A realização desta obra representa também o regresso do Grupo Teixeira Duarte a Cabo Verde, depois de, em 2014, terem sido executados trabalhos marítimos na ilha de São Vicente.

 

Teixeira Duarte e Grupo CSCEC assinam contrato para desenvolvimento de projeto imobiliário em Oeiras, Portugal

A “TEIXEIRA DUARTE, S.A.” e a “CSCEC – China Construction Portugal, S.A.” – sociedade de direito português integrada no Grupo liderado pela “China State Construction Engineering Corporation” – celebraram uma parceria para desenvolvimento de um projeto imobiliário, em Oeiras, Portugal, que se formaliza através de um contrato de venda de ações correspondentes a 50% do capital social de uma participada do Grupo Teixeira Duarte, detentora dos terrenos onde será implantado o projeto. A referida alienação de ações para a  “CSCEC – China Construction Portugal, S.A.” e comunicada ao mercado no dia 23 de julho foi efetuada pelo valor de 31,1 milhões de euros e tem um impacto estimado nos resultados da “Teixeira Duarte, S.A.” de cerca de 22,2 milhões de euros.

O empreendimento será constituído por diversos edifícios residenciais, de escritórios e comércio, integrados em um grande parque verde, num modelo que pretende ser uma referência de equilíbrio, inovação e sustentabilidade.